Veloce.Net
Português
English
Español
Press releases

Setor de T&L; acumula 14 transações no 1S12, recorde de participação estrangeira .

http://danskveranda.nl/map Último Instante - EMPRESAS

 - 13/08/2012 http://becausecomics.com/map

continue reading  

learn more here O setor de T&L; acumulou 14 transações no primeiro semestre de 2012, com recorde de participação estrangeira e destaque para as aquisições da TNT Mercúrio pela UPS e Rapidão Cometa pela Fedex Corp, conforme relatório divulgado nesta segunda-feira.

Apesar de o primeiro semestre de 2012 ter registrado um volume de transações inferior ao mesmo período do ano anterior (14 em 6M12 e 17 em 6M11), neste período foram anunciadas diversas transações de grande porte:

- Aquisição da TNT Express pela UPS – março/2012. A gigante americana adquiriu a empresa holandesa de entregas rápidas por 5,2 bilhões de euros, ou R$ 12,2 bilhões. Espera-se que o faturamento consolidado anual seja próximo a R$ 100 bilhões. A TNT no passado já havia adquirido 2 grandes transportadoras brasileiras, a Mercúrio e o Expresso Araçatuba (ambas transações assessoradas pela equipe de fusões e aquisições da PwC).

- Aquisição da Rapidão Cometa pelo Fedex Corp – jun/2012. A adquirida, fundada há 70 anos e com faturamento de R$ 1 bilhão em 2011, faz entrega em todo território nacional e conta com aproximadamente 17 mil clientes. O valor da transação não foi divulgado.

Concessões dos aeroportos de Brasilia, Viracopos e Cumbica à iniciativa privada, garantindo ao governo um rendimento de R$ 24,5 bilhões e reforçando o peso da participação estrangeira no setor.

Outros destaques no 1o. Semestre de 2012: http://betaosgb.com/map

- Aquisição da Veloce Logística pela Mitsui & Co; please click for source

- Aporte do BTG Pactual na Contrail (Operadora de containers);

link - Aquisição da LTD Transportes pela Tegma.

click to see more Principalmente em função destas operações, em 2012, a participação estrangeira no número de transações do setor bateu recorde histórico e atingiu 50% do total. Este foi o maior registro desde o início da nossa cobertura, em 2006.

Os investidores estratégicos continuaram à frente das transações, representando 79% do total no primeiro semestre de 2012, em linha com o ano anterior. Tal resultado indica a maturidade do setor e reforça a tendência de consolidação.

(Redação – www.ultimoinstante.com.br)