Veloce.Net
Português
English
Español
Press releases

Abralog premia cases de sucesso durante a Movimat

Revista Tecnologística - None - NOTÍCIAS

Associação apresenta os vencedores da décima edição do Prêmio Abralog de Logística

A Associação Brasileira de Logística (Abralog) anunciou, no dia 3 de outubro, durante a Movimat, em São Paulo, os vencedores do X Prêmio Abralog de Logística. A iniciativa tem como objetivo reconhecer as empresas que se destacaram no desenvolvimento de soluções e projetos voltados para a cadeia de suprimentos.

Na categoria Sistemas de Movimentação, Armazenagem e Embalagem, a vencedora foi a América Latina Logística (ALL), com seu projeto de transporte de celulose pelo modal ferroviário entre Três Lagoas (MS) e Santos (SP), desenvolvido para a Votorantim. O projeto demandou investimentos de R$ 95 milhões em melhorias na linha férrea, aquisição de 40 locotivas, compra de 278 vagões novos e reforma de outros 300. Os ativos percorrem os 896 quilômetros em 84 horas e movimentam 3,3 mil toneladas de carga por dia.

A Veloce Logística foi contemplada com o prêmio Logística Aplicada à Sustentabilidade Ambiental. A empresa conseguiu reduzir em 19% as emissões de gás carbônico de sua frota em 2011, mesmo com um aumento de 32,7% no volume transportado e na quilometragem percorrida.

O prêmio de Automação e Tecnologia da Informação Aplicada à Logística foi para a AGV Logística, por seu trabalho de integração dos 5.000 pontos de entrega da rede do Banco Santander. O operador implantou um modelo único de gestão, centralizando a administração da cadeia logística da instituição financeira, com o objetivo de abastecer todas as unidades reduzindo gastos desnecessários e permitindo um melhor gerenciamento dos estoques.

A categoria Terceirização em Logística premiou o Makro Atacadista, que estabeleceu, em conjunto com a DHL, seu Centro de Operações Logísticas, localizado em Campinas (SP) para atender às 76 lojas distribuídas em todo o território nacional. Trabalhando com cross-docking, a empresa conseguiu reduzir o custo do frete por meio da consolidação da carga, otimização dos veículos e eliminação de custos indiretos com reentregas, diárias e estadias.

O case Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) rendeu à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) o prêmio da categoria Projetos Colaborativos. A megaoperação envolveu a entrega de 4.100.000 cartas de confirmação e indicação do local das provas aos candidatos, 11.202 pacotes com o material de apoio aos coordenadores e 31.000 malotes com os cadernos de prova distribuídos para todos os estados brasileiros a partir de uma gráfica localizada em São Paulo. Nos dois dias do exame, cerca de 3.500 veículos realizaram o transporte aos 10.000 pontos de provas, tanto no período de entrega (das 7 às 10h da manhã), quanto na janela para o recolhimento (das 18 às 21h).

Por fim, o prêmio Estudante de Logística foi entregue a Luiz Fernando Ferreira Martins, do Instituto Militar de Engenharia (IME-RJ), com o trabalho Roteirização de Veículos de Cargas Perecíveis por Georreferência, orientado pelo professor Luiz Antônio Silveira Lopes.

“Esta edição foi muito disputada, com cases robustos inscritos nas diferentes categorias. Isso mostra que realmente a logística está em um patamar mais elevado, com mais maturidade e com profissionais mais preparados”, analisou o presidente da Abralog, Pedro Moreira.