Veloce.Net
Português
English
Español
Press releases

Veloce amplia operação, recebe novo prêmio e estima crescer 11% em 2013

Portal Fator Brasil - RJ - PREMIOS & HOMENAGENS

Operadora logística é reconhecida pela sétima vez em três anos como um dos melhores fornecedores da General Motors.

O presidente da Veloce Logística, Paulo Guedes, anunciou que a empresa deve crescer pelo terceiro ano consecutivo na casa dos dois dígitos percentuais. Fundada em 2009, a operadora logística estima fechar este ano com um faturamento de R$ 240 milhões, evolução de 11% sobre 2012.

Adquirida no ano passado pelo Grupo Mitsui, que atua em 69 países, a Veloce deve chegar a 25 clientes em 2013. O mais novo deles é a Toyota Empilhadeiras.

A cada mês, 50 contêineres com estes equipamentos, importados do Japão, Estados Unidos e China, chegam ao Porto de Santos e são transferidos para o Centro de Cargas de Diadema (CCD), da Veloce .

Inicialmente, a operação foi projetada para o cross docking (estocagem) de 433 empilhadeiras, mas o layout já está sendo ampliado para 573 vagas, ocupando sete mil metros quadrados dos 22 mil metros quadrados do CCD.

A operação também envolve a entrega das empilhadeiras na unidade da Toyota em Diadema. ?Com a proximidade entre a Toyota e o nosso CCD, o tempo de atendimento aos clientes da montadora foi reduzido, o que aumentou sua vantagem competitiva?, diz Paulo Guedes.

Mais um prêmio-A Veloce também acaba de receber mais um prêmio da General Motors, desta vez como um dos melhores fornecedores de 2012. Este é o sétimo reconhecimento da GM à operadora logística nos seus primeiros três anos de atividades. Os anteriores foram: Melhor Fornecedor de Logística no Brasil (em 2010 e 2011); Melhor Fornecedor de Logística na Argentina (2010 e 2011); um dos Melhores Fornecedores da GM no Mundo (General Motors Supplier of the Year award for Logistics Services, 2012) e 12 Meses sem Acidentes na planta de Sorocaba.

Perspectivas do mercado -Paulo Guedes acredita em grandes possibilidades de crescimento para os operadores logísticos que oferecerem serviços integrados e de maior valor agregado. ?No entanto, há enormes desafios: a alta competição e pressão na rentabilidade; a capacitação profissional dos empregados; a carência de mão-de-obra; os gargalos da infraestrutura precária e a necessidade de mostrar ao cliente a importância estratégica da logística?, aponta.

Líder no volume de carga transportada por rodovias entre Brasil e Argentina, a Veloce conta com uma frota de 475 carretas tipo sider, 119 parceiros de transporte no Brasil e na Argentina com frota de 660 veículos e 25 bases operacionais entre Brasil e Argentina.

Entre seus clientes também estão as montadoras Toyota, Volkswagen, Ford, Renault e Honda, fabricantes de autopeças como e ZF Sachs, de bens de consumo como Sancor, Danone e Unilever, e a siderúgica Arcelor Mittal.