Veloce.Net
Português
English
Español
Press releases

Conferências da Intermodal começam na semana que vem, em São Paulo

Log Web

Há uma semana do início da 20ª edição da Intermodal South America, especialistas e autoridades em logística, transporte de cargas e comércio exterior destacam o programa de Conferências da feira como uma oportunidade para discutir e abordar os caminhos do setor para os próximos anos. As conferências acontecem paralelamente à exposição, entre os dias 1 e 3 de abril, no Transamerica Expo Center, em São Paulo. As inscrições podem ser feitas pelo site do evento.
Os painéis que compõem as conferências foram formatados em parceria com entidades especializadas do setor, como o Inbrasc (Instituto Brasileiro de Supply Chain), o Centronave (Centro Nacional de Navegação) e a Abtra (Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados).
Em 2014, o evento soma mais de 36 mil m², 600 marcas expositoras, originárias de 20 países, e mais de 10% deste universo participando pela primeira vez da Intermodal. A expectativa é receber mais de 50 mil visitantes, 65% deles embarcadores de carga.“A Intermodal acompanhou o desenvolvimento de toda a cadeia de transporte no Brasil nos últimos 20 anos. Os debates e rumos apontados durante as conferências consolidaram o evento como um polo fomentador de diretrizes estratégicas para as empresas e para o Governo”, afirma o gerente da Feira, Ricardo Barbosa.
A conferência Intermodal Ports & Maritime Summit abre o primeiro dia da Feira com o painel “Infraestrutura – Avanços e Perspectivas”. Com moderação do presidente da Abifer (Associação Brasileira da Indústria Ferroviária), Vicente Abate, e presença confirmada do diretor-geral da Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), Mário Povia, e do diretor da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Carlos Nascimento, além de outras autoridades e empresários, serão abordados temas como o modelo de efetivação dos empreendimentos em infraestrutura previstos pelo Governo Federal para o período 2014-2017, verbas destinadas ao desenvolvimento logístico, riscos e razões de desconfiança do setor privado e proposições para superar esses problemas.
Ainda no primeiro dia de evento, às 14h, tem lugar o painel “Desafios Estruturais dos Portos Brasileiros”, em parceria com a Abtra. Dividido em duas sessões para debates de temas mais específicos, aborda os requisitos para alfandegamento de terminais e recintos e traz, dentre os palestrantes, o gerente de tecnologia da informação da Abtra, Vander Abreu, e o auditor, representante da Alfândega do Porto de Santos, Antônio Russo Fi.
A pauta da segunda sessão do painel vespertino, Porto Indústria e Acesso aos Portos, propõe o debate de alternativas para o acesso à região do Porto de Santos, comenta o projeto do túnel Santos-Guarujá e seus impactos, discute perspectivas de portos como o do Espírito Santo e apresenta cases de sucesso. Entre os palestrantes estão o diretor Comercial da Santos Brasil, Mauro Salgado; o Diretor Presidente da Ceará Portos, Companhia de Integração Portuária do Ceará, Erasmo da Silva Pitombeira; a Subsecretária de Comércio Exterior e Relações Internacionais da Secretaria de Desenvolvimento do Espírito Santo, Mayhara Chaves, entre outros.
No dia 2 de abril, às 9h, o painel “Novo Código Comercial Marítimo” acontece em parceria com o Centronave e destaca mudanças de direitos e obrigações de embarcadores, companhias marítimas e prestadores de serviços no âmbito portuário. Os temas vão do risco marítimo à navegação aquaviária, passando por garantia patrimonial e apuração formal dos acidentes.
Em parceria com o Inbrasc, o painel “Supply Chain – Identificando Soluções”, dividido em duas sessões, abre o último dia de conferências. “A Cadeia de fornecimento numa visão global” e “Logística Reversa como um diferencial competitivo” são os temas da primeira sessão, que debate questões como o cenário da cadeia de suprimentos na indústria, estratégias na área para resultados mensuráveis, impactos da Nova Lei de Resíduos Sólidos para o mercado de Logística Reversa e oportunidades para agregar valor ao que seria descartado. A segunda sessão do período da manhã aborda “A integração de modais na cadeia de suprimentos” e o “Estudo de caso: Basf”. Estão confirmados o professor do Inbrasc, Cristiano Vallejo; o consultor de Supply Chain, Robert Stockmann; o diretor de logística da Basf para a América do Sul, Paulo Mathias; o diretor da Brado Logística, Alan Fuchs; o diretor-presidente da Veloce Logística, Paulo Guedes, entre outros.
Fechando o programa de conferências, o sexto painel acontece às 14h e aborda uma visão comparativa entre os condomínios logísticos e as plataformas logísticas. Também dividido em duas sessões, o painel apresenta o conceito, a viabilidade e as razões para implantação e utilização de condomínios ou plataformas logísticas e de Zonas de Processamento de Exportação (ZPE). Entre os palestrantes está a Secretária Executiva do MDIC – CZPE, Conselho de Zonas de Processamento e Exportação, Thaise Dutra; o Secretário de Indústria e Comércio do Estado de Goiás, Rafael Lousa; o presidente da Colliers, Ricado Betancourt; o Diretor Executivo da ABOL (Associação Brasileira de Operadores Logísticos), Carlos Meireles, entre outros.
As inscrições para participar do programa de conferências da Intermodal 2014 estão abertas e podem ser feitas pelo site: www.intermodal.com.br.